Saiba o que os especialistas dizem sobre esporte, saúde e educação

As práticas esportivas trazem muitos benefícios para o corpo e para a mente. Além de trabalhar com os ossos e músculos, ainda ajudam a prevenir a ansiedade e a depressão. Essas vantagens podem ser vistas em todas as idades. Saiba o que os especialistas dizem sobre esporte, saúde e educação.

Quando mais cedo começar o esporte, melhor será para o desenvolvimento físico e cognitivo do jovem. Veja o que os pesquisadores dizem sobre as vantagens dos esportes ainda na fase escolar.

Juventude e prática de exercícios físicos

De acordo com uma publicação do British Journal of Sports Medicine, a prática de atividades físicas na infância e adolescência é muito benéfica para a saúde corporal e mental. Isso ocorre porque é nesse período que as crianças e adolescentes desenvolvem estes conceitos na memória muscular e cerebral.

A pesquisa foi realizada por especialistas da América do Norte, Escandinávia e Reino Unido. Os estudiosos afirmam também que praticar exercícios físicos durante idade escolar ajuda no aperfeiçoamento cognitivo.

Ou seja, crianças que fogem do sedentarismo, sendo mais ativas, acabam apresentando um desenvolvimento melhor em áreas como: comprometimento, capacidade intelectual, motivação, inclusão social, autoestima e sensação de bem-estar.

Sendo assim, é possível entender que os esportes têm ligação direta com a saúde e educação. Os exercícios físicos auxiliam para que os jovens possam exercitar a memória, entender estratégias e raciocinar com mais facilidade. Todos esses benefícios refletem na aprendizagem das matérias em sala de aula.

Como os esportes influenciam no desempenho escolar

Para realizar uma boa partida, é preciso dedicação e esforço, sempre esperando o melhor dos companheiros de equipe. Porém, também é necessário ter em mente que não é possível vencer todas as disputas. Assim, as crianças e adolescentes aprendem a trabalhar em conjunto e a lidar com frustrações.

O mesmo ocorre durante o aprendizado escolar. É preciso saber que cada um deve fazer sua parte em um trabalho em grupo, respeitando as diferenças e habilidades pessoais de todos os membros. Porém, nem sempre as expectativas serão atendidas, por isso é fundamental saber enfrentar decepções.

O professor do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Guilherme Menezes Lage, tem uma fala coerente sobre esportes, saúde e educação.

Segundo ele, é comprovado que além dos benefícios para o corpo, os exercícios físicos geram alterações cerebrais. Isso ocorre, porque o cérebro é um órgão dinâmico, com habilidade plástica e o esporte ajuda exatamente na plasticidade neural.

O que os especialistas dizem sobre esporte, saúde e educação

Marconi Gomes, presidente da Sociedade Mineira de Medicina do Exercício e do Esporte, que também é cardiologista, reforça a importância do esporte para a saúde e para a educação. O médico explica que as atividades esportivas ajudam a desenvolver criatividade e liderança.

 

Ele continua dizendo que ao fazer exercícios, tanto em grupo quanto isoladamente, o corpo passa por vários efeitos benéficos. É possível ter mais relaxamento, dormir e se alimentar melhor. Esses cuidados ajudam a ter mais concentração e equilíbrio emocional.

 

Ao saber o que os especialistas dizem sobre esportes, saúde e educação, é fácil ver como as atividades físicas ajudam no crescimento pessoal, na prevenção da ansiedade e depressão, além de auxiliar no bem-estar físico das crianças e adolescentes.

 

Gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e incentive mais famílias a levarem seus filhos para um esporte que os jovens gostem.

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *